Blog

Seja muito bom no que faz, por mais que você não goste de fazer


03/10/2018

Fazer muito bem o que precisa ser feito fará você mudar de estágio

Se você não entendeu o título desse artigo, vou contar uma passagem que me marcou muito. O dia em que a história de uma pessoa especial cruzou com a minha. Foi em um evento grande, em um shopping na cidade Goiânia.

Mais de 600 pessoas presentes em um treinamento em que eu falava sobre carreira, propósito, participação e engajamento.

Com olhar atento, um homem acompanhava tudo o que eu dizia…Até que, talvez por se sentir provocado a participar, João se apresentou e pediu a palavra.

“Alexandre, há seis meses sou responsável pela limpeza dos banheiros. Você acha que eu gosto de fazer isso?”.

Curioso, imediatamente devolvi a palavra ao homem: “Me diga você, amigo”.

“Claro que não. Mas te digo uma coisa: sou muito bom no que eu faço! Pode perguntar pro pessoal aqui. E sabe porque eu sou assim? Porque eu não quero fazer isso por muito tempo. Eu estou fazendo um curso de segurança e quero ser segurança aqui do shopping. Mas se eu não fizer com vontade e dedicação o trabalho que eu faço hoje, como eu vou conseguir me destacar e merecer uma oportunidade com a equipe de segurança?

Claro que, depois dessa, o João mereceu aplausos de todos. Ele fez uma coisa que para ele, é natural: valorizou o seu estado atual e está preparando a sua evolução. Isso é engajamento!  

Histórias como a do João me enchem de orgulho e esperança, por outro lado, ainda fico assustado ao ver pessoas desperdiçando oportunidades,  por não valorizarem o presente e supervalorizarem o futuro, ou ao menos, o como eles acham que o futuro vai ser.

Para chegar onde você quer, você precisa saber onde está. Faça as coisas que precisam feitas e você verá o seu crescimento.

Pense nisso!

Seja engajado e receba conteúdos exclusivos, entre para a minha lista vip!

Um forte abraço
Ale Prates

 

Comentários