Blog

Resultado não significa eficiência


24/10/2018

Há uns meses atrás fui chamado por uma grande empresa do interior de São Paulo para realizar um programa de formação com a equipe de gestão de vendas. Logo de cara, o sócio-diretor me questionou: “Alexandre, no ano passado nós atingimos 107% da nossa meta, porém, vimos que dos mais 8.000 pontos de vendas que atendemos pelo país, 3.500 não foram visitados no último ano. A meta foi superada atendendo pouco mais de 50% da nossa carteira, que resultado foi esse?”. Então respondi: “Esse é o tão famoso resultado sem desempenho. O maior patrimônio de vocês não são os números e sim os clientes”.

As organizações esquecem que o desempenho leva ao resultado, mas o resultado por si só não garante um grande desempenho. Querem o resultado, mas não gostam de desempenhar.

Veja outro exemplo:

As pessoas querem perder peso, mas ao invés de realizarem atividades físicas e uma reeducação alimentar, preferem fazer uma lipoaspiração ou uma cirurgia bariátrica. Porém, na grande maioria dos casos, a pessoa muda o corpo mas não muda a cabeça, e o resultado é perdido rapidamente.

Entenda que o resultado precisa do desempenho para se sustentar. Os atalhos que você tem podem até trazer o resultado que você deseja, mas não garantem o sucesso por muito tempo.

Nos meus textos sempre farei questão de mostrar o quanto você pode ir além.  Faça parte da minha lista VIP, cadastre-se: https://www.alexandreprates.com.br/lista-vip/.

Um grande abraço,
Ale Prates

Comentários