Blog

Quando decidi mudar?


23/09/2019

Olá pessoal, quanto tempo! Hoje vim contar para vocês como foi sair da carreira executiva para adentrar o mundo das palestras.

Em 2007, eu vivia o melhor momento da minha carreira, era executivo do setor de franchising, diretor nacional de treinamento da rede Skill idiomas, responsável pela gestão de 250 franquias e capacitação de milhares de profissionais. Foi um período de muito reconhecimento na rede, tinha autonomia e  liberdade para trabalhar, com excelente remuneração, enfim, eu vivia um grande momento profissional.

No entanto, em 2006 eu havia feito a minha primeira formação em coaching e me apaixonei pela área. Comecei a aplicar as ferramentas de coaching na própria Skill e apesar da fase ser excelente, internamente vinha alimentando o sonho de seguir a carreira como palestrante e coach.

Na Skill eu fazia muitas palestras para franqueados e time de vendas, sempre era bastante elogiado pelo meu jeito descontraído, pela forma leve como eu conseguia levar os conteúdos a diante. Então eu sabia que tinha talento para lidar com o público.

Impulso

Ainda no ano de 2007, a rede Skill idiomas foi comprada pelo grupo Wizard e nessa compra eu visualizei uma brecha para que eu pudesse sair da empresa. Apesar de amar o meu trabalho, a Skill e aquela gestão, eu senti que aquele era meu momento.

Tomei da decisão de sair da carreira executiva em junho de 2007, porém, permaneci na empresa até dezembro para auxiliar na transição dos franqueados ao mesmo tempo que cuidei da transição da minha carreira.

Nesse meio tempo fiz um site, comecei a elaborar meus temas de palestras, me preparei e no dia 1 de janeiro de 2008 iniciei minha carreira como coach oferecendo para as empresas o meus serviços e  palestrei (muito) de graça para divulgar meu trabalho. Na sequência iniciei como treinador e lancei meu primeiro treinamento chamado: Leader Coach, que perdura até hoje.

Em 2009 comecei a ser chamado para fazer palestras, contando o começo da trajetória com líderes e como desenvolvia as estratégias. Nesse período comecei a fazer as primeiras cobranças de palestras. Acabei de me dar conta de que faz dez anos que comecei a vender minhas palestras.

Minha primeira palestra aconteceu em Brasília e foi vendida a R$800,00. Esse foi meu start como palestrante. No início não foi fácil, era um mundo novo, eu ainda não tinha estabilizado na carreira, meu padrão de vida baixou, sofri algumas dificuldades financeiras, tive que reestruturar toda a minha vida.

Ainda no mesmo ano comecei a receber muitos contatos para voltar ao mercado de franchising, foram propostas tentadoras, eu ganharia muito mais do que na atual situação. Mas, eu tinha duas opções: abandonar meu sonho ou confiar no meu trabalho e seguir em frente.

Como vocês já sabem escolhi a segunda opção, e não foi fácil, ainda demorou mais 3 anos para as coisas se estabilizarem. Foi uma decisão bastante difícil de ser tomada, mas com certeza foi a decisão mais acertada que já fiz na vida.

Hoje faz 11 anos que abri mão de uma carreira confortável e estável para viver daquilo que acredito e que tenho potencial, que é seguir meu sonho de carreira como palestrante e Educador Executivo.

Você também pode fazer uma boa escolha, já pensou em se tornar um Educador Executivo? Fique ligado! Em breve abriremos a 2º turma.

Comentários