Blog

Qual a relação entre percepção e engajamento?


17/10/2018

Todos os dias nós nos deparamos com uma cultura diferente, tribos, crenças, entre outros. Todos têm uma percepção instalada que às vezes as ajudam ou às vezes as sabotam. Mas são essas percepções que determinam sua maneira de se engajar nos negócios e na vida.

Quando eu posso dar um conselho para as pessoas ao meu redor, eu sempre digo: “Aprenda a dizer mais sim, do que não”. Um conceito estranho, mas na verdade é apenas uma forma de dizer a coisa certa para o nosso sistema
interno e dar um choque em nossa percepção.

Por exemplo, dizer “não” para as coisas que gostaríamos de comer fora da dieta nos gera um intenso esforço emocional. Mude a sua percepção e diga “sim” para os alimentos que nos fazem bem e nos traz uma vida saudável, ao invés de aquilo que nos faz mal.

Trabalhar em algo que não gostamos é normal para a nossa carreira. Ao invés de dizer “não” a aquela atividade chata e indesejada, diga “sim” para o aprendizado, para a experiência e o crescimento da sua carreira.

A nossa percepção determina tudo em nossa trajetória e é necessário ajustá-la para ter uma trajetória mais engajada, tanto na vida pessoal como profissional.

Gostaria que você compreendesse um princípio básico sobre a percepção:

– Todos sabemos que mudar é necessário;
– Todos enxergam os caminhos para a mudança;
– Todos esbarram na resistência interna e externa da mudança;
– A minoria muda apesar disso; alguns desistem no caminho; a maioria morre antes de tentar.

As suas percepções são determinantes para o seu engajamento. E nos meus textos sempre farei questão de mostrar o quanto você pode ir além. Faça parte da minha lista VIP, cadastre-se: https://www.alexandreprates.com.br/lista-vip/.

Um abraço,
Ale Prates

Comentários