Blog

Quais são os estágios da carreira? Em qual momento você está?


02/05/2019

Em comemoração ao dia do trabalho, começo o artigo deste mês falando sobre CARREIRA.

Eu dediquei boa parte do meu livro falando sobre isso. Poderia resumir este assunto em uma única palavra: participação. Isso explica tudo. Mas não é só participar, é participar com estratégia e intensidade. Uma carreira é construída dessa maneira.

Obviamente têm pessoas que vivem fases diferentes, então vamos compreender isso juntos.

18 a 24 anos – ESFORÇO

25 a 39 anos – EVOLUÇÃO

+ 40 anos – MATURIDADE

Para os mais jovens, o momento de carreira é o de ESFORÇO. Uma fase em que você vai trabalhar muito, vai ralar muito e não vai ganhar tanto dinheiro e nem reconhecimento. Você vai fazer trabalho que você não gosta, vai se envolver muito, mas é só uma fase natural que você tem que passar. Para adquirir maturidade e experiência, você tem que ralar mesmo, mas logo você será recompensado com o reconhecimento.

A fase intermediária, dos 25 a 39 anos, é o momento de EVOLUÇÃO. É a fase que você já começou a trabalhar tanto e você sobreviveu a fase do esforço. E agora você está em ascensão, está ganhando melhor e tendo mais reconhecimento. Mas você tem que evoluir muito, fazer pós ou MBA, morar fora, aprender outra língua, desenvolver cada vez mais. Essa fase você tem que aproveitar que está evoluindo e dar um salto ainda maior.

A fase da colheita é quando você está com mais de 40 anos e chegou ao momento da MATURIDADE. Que é quando você está mais tranquilo, tem liberdade para escolher as coisas pois você tem experiência e é respeitado. E se você evoluiu bem, acabou se tornando um expert, sendo referência naquilo que você faz.

Só que às vezes algumas coisas atrapalham esses momentos de carreira. Por exemplo, a fase do esforço, muitas pessoas trocam por status. Isso é um perigo. “Por que vou me esforçar? Essa atividade não é legal, não quero fazer”. E a pessoa não quer viver isso, mas vamos imaginar que mesmo assim ela sobreviveu a esse processo e foi para a fase de evolução. Ocorre muitos erros nessa fase, pois ao invés da pessoa evoluir, ela estagna, pois não quer aprender e desenvolver mais. E diante disso, ela acaba não colhendo a maturidade e sim a insatisfação. Insatisfação de trabalhar em um lugar que não gosta, com pessoas que não gosta, fazendo o que não gosta.

Vejo muitas pessoas seguindo esse roteiro padrão – estudam, escolhem uma profissão, fazem um estágio, são efetivadas, promovidas e por algum motivo estacionam em suas carreiras. Busque a explicação que quiser, você vai chegar a conclusão de que faltou em algum momento estratégia e engajamento.

Eu não sei em qual momento você está em sua carreira, por isso, vamos analisar juntos:


Depois da análise feita, talvez você tenha notado que precisa de uma
transição de carreira, ou seja, mudar de profissão, abrir um próprio negócio, diminuir a carga de horário de trabalho, enfim… viver de uma forma que lhe traga mais realizações.

Em breve falarei mais sobre isso.

Um abraço,
Alê Prates

Comentários